Ascensão da Fênetre D'Arpette

Tour du Mont Blanc: mochilando em volta do teto da Europa

Sete dias, seis noites, 170 km, 10 km de ascensão/descida e três países: França, Itália e Suíça. Isso resume em números o Tour du Mont Blanc – TMB.

Esse é o trekking mais famoso da Europa, atraindo anualmente milhares de turistas de todas as partes do mundo. O percurso é conhecido, também, por ser uma das trilhas mais bem sinalizadas do mundo, o que permite que boa parte dos aventureiros faça o caminho sem guia.

TMB

O Tour du Mont Blanc é considerado um dos trekkings mais bem sinalizados do mundo.

O Tour du Mont Blanc (ou Volta ao Monte Branco, em português), como o próprio nome já diz, é trilhado no entorno imediato do Mont Blanc, a montanha mais alta da Europa, com 4810 m de altitude. Esse trekking faz parte dos famosos GR da França, ou Grandes Randonnées, sendo que um dos trechos é compartilhado com o GR5, entre o Mar do Norte e o Mar Mediterrâneo.

Mesmo com todas essas credenciais, achei curioso que, ao retornar de lá e divulgar as fotos do caminho, poucos brasileiros já haviam ouvido falar desse Tour. A notícia boa começa por aqui. Embora pouco conhecido, o Tour du Mont Blanc é um trekking muito barato se levarmos em consideração tudo que ele oferece. Ou seja, depois dessas dicas, não vai ter por que não se aventurar pelo TMB! Então, vamos ao que interessa… progressivamente e semanalmente (ou numa frequência menor, se o tempo permitir), vou inserir aqui informações cruciais pra você organizar o seu Tour du Mont Blanc. Vamos começar pelos custos, que já podem ser conferidos clicando no link abaixo. Bora preparar a mochila!

 

ÍNDICE – TOUR DU MONT BLANC

 

Informações gerais

 

  • Custos da viagem – Quanto vai custar essa brincadeira
  • Preparando a viagem – Preparo físico, passagem aérea, tempo de expedição, seguro viagem – Em breve
  • Qual a melhor época? – Os meses certos para fazer o TMB – Em breve
  • Chamonix – Dicas de hospedagem, ‘bons plans’ e lazer – Em breve
  • Qual agência contratar? Agências brasileiras e estrangeiras – Em breve
  • Equipamento – O que não pode faltar na sua mochila – Em breve

 

O Tour du Mont Blanc

 

  • Roteiros possíveis – 7 ou 11 dias? Sentido tradicional ou inverso? – Em breve
  • O grupo – Ir sozinho ou acompanhado? Qual o número máximo de pessoas? – Em breve
  • Relato da Viagem – Galeria de fotos e pontos marcantes de cada dia do percurso – Em breve

 


Artigos similares: Monte Roraima, por Rafael Kosoniscs do Blog Seu Mochilão – inspiração desta postagem.

Anazélia Tedesco

Anazélia Tedesco

Anazélia Tedesco tem 28 anos, é bióloga, dedica-se à restauração de florestas como trabalho e ao montanhismo como lazer - a união dessas duas coisas define seu estilo de vida. Sua história com as montanhas começa em Pancas, a terra do Pontões Capixabas, onde nasceu. Mais tarde, conheceu os trekkings de longa distância e as tradicionais travessias e, desde então, não parou mais.
Anazélia Tedesco

Últimos posts por Anazélia Tedesco (exibir todos)

18 Comentários

  • Valeu pela menção, Anazélia. Adorei o blog de vocês. Sucessooo!!! Um beijo

  • Marcelo

    Eu tenho muito interesse em fazer esse tour. Vi no Discovery ou ou National Geo um tour que imaginei ser pelos Pireneus franceses. Posso ter me confundido. Tem como a gente se cadastrar, pra receber as notícias de vocês? Abrçs

    • Oi, Marcelo!
      Existem muitos tours lá na França, parece um parque de diversões pra quem gosta de montanha igual a gente…rsrs! O Tour du Mont Blanc é um e o dos Pireneus é outro. Os dois são incríveis. Ainda quero fazer os Pireneus!
      Tem como se inscrever sim. É só deixar seu e-mail na coluna aqui à direita, no box “Receba as novidades do MCE”.
      Abraços

  • Marcelo Vilela Machado João

    Ola, muito bom o blog de vocês, sou apaixonado em montanhas, e estou indo para Europa agora em setembro e não estou achando expedições para o cume do mont blanc, vocês fizeram o cume ? foram com alguma agencia ? se eu chegar em Chamonix da para pegar algum grupo indo na hora ou tenho que ter reservado algo ?

    Muito obrigado

  • Marcelo Vilela Machado João

    Bom, devido ao blog de vcs eu fechei o pacote de 7 dias dia 20/09 rsrsrs
    Tomara que seja massa !!! Fiquei esperando mais depoimentos !!!
    mas me conta , tem mais alguma dica ?
    tem algum lugar que poderiamos conversar in box ? face ou algo assim? se puder me add , meu nome inteiro que esta aqui !!! Mas desde já muito obrigado pela ideia !!
    Um Beijo !

    • Marcelo, meu amigo! Por agora, já te dei lá no facebook todas as dicas que podia! Rs Desculpe não ter incluído tudo aqui pra sua trip, mas você sabe, eu estava a caminho do Monte Roraima e o tempo foi escasso. Pelo que você me contou, vai ser tudo fantástico! Aguardo suas fotos.
      Forte abraço

  • Luis Alves

    Oi Anazélia. Muito bom o blog de vocês, Parabéns!
    Uma pergunta: é obrigatório contratar guia/empresa ou podemos fazer o trekking de forma independente? Obrigado
    Luis

  • Diego

    Olá Anazélia, boa noite.
    Adorei o texto! há previsão para as demais informações deste trekking?
    Abraços,

    • Oi, Diego!

      Obrigada =). Vou tentar colocar todas as informações aqui, mesmo que de forma resumida, até o fim de setembro! rs Ufa! É que estamos passando mais tempo no mato do que em casa com o computador.

      Um abraço!

  • Alexandro Torres Kozio

    Que irado essa iniciativa de postar as dicas. Estarei aguardando pois pretendo curtir esse tour ano que vem.
    Se você já tiver as dicas e puder me enviá-las, ficarei agradecido! 🙂

    • Oi, ALexandre!
      To com alguns projetos pessoais que tão atrasando a postagem do resto das dicas aqui….rs! Mas agora está disponível o Guia do Tour du Mont Blanc, escrito pelo Elias Luiz, do Portal Extremos. Coisa de qualidade. Eu indico.
      Abraços!

  • Vitor

    Olá. Você sabe me dizer se em Abril/Maio é um mês bom para realizar este trekking? Obrigado.

    • Oi, VItor! É sim. Inicialmente eu tinha marcado meu trekking lá para maio. Tive que reprogramar por conta de um problema de saúde na família. Mas é um mês bonito pra fazer o trekking, primavera e ainda com neve do inverno.
      Um abraço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *