Mochilando com Elas – o que NÃO somos

Cume do Morro do Couto - Parque Nacional de Itatiaia

Muito prazer! Somos Anazélia, Thaís e Stephanie. Você pode ler um pouco mais sobre nós AQUI.

Temos repetido com frequência que somos mochileiras, apaixonadas por atividades na natureza e com sede de conhecer. Conhecer lugares, pessoas e culturas.

Mas a conversa, aqui, é justamente o contrário: O que não somos?

 

1. Não somos montanhistas profissionais

Trilha para as Agulhas Negras - Parna Itatiaia

É comum, ao verem nossas fotos e relatos, que nos perguntem se somos muito experientes, se temos condições de guiar um grupo ou se temos alguma empresa de turismo de aventura. A resposta para essas perguntas é não. Consideramos nossa experiência suficiente para aceitar alguns desafios de gente grande, como foi com o cume do maciço das Prateleiras, em Itatiaia. Mas ainda estamos um tanto longe de ter segurança suficiente pra dizer: nos sobra experiência! Também não nos aventuramos a guiar nenhum grupo. Como viajamos de forma independente com frequência, acontece sim de fazermos alguns trekkings sem guia. Mas exatamente assim – sem guia. Nós não temos know-how suficiente pra sair guiando nossos amigos por aí. Quando saímos em grupo, preferimos dividir as responsabilidades e deixar claro que cada um deve entender e assumir os riscos dessa atividade. E sobre ter um empresa de expedições de aventura, isso nos parece mais distante ainda. Não temos essa pretensão nem num horizonte de muitos anos a partir daqui.

 

2. Não somos blogueiras profissionais

Cume do Morro do Couto - Parque Nacional de Itatiaia

Opa! Começamos a divulgar nossas experiências, algumas fotos legais e botar no papel o que a gente conta pros amigos por aí! Surge a primeira pergunta: vocês vão largar seus empregos e viver disso? Embora pareça tentador pra maioria, a gente não pode nem pretende fazer isso. Somos mulheres normais, com uma quedinha (uma quedona, vai) por esportes de aventura. A filosofia do Mochilando com Elas é essa mesmo: “viajar nas horas vagas e manter a vida ‘normal’ nos trilhos”. Amamos viajar, mas também gostamos demais do nosso trabalho como biólogas. Quem sabe se um dia surgir algo como biologar + mochilar ao mesmo tempo a gente não repense esse item… hahaha!

 

3. Não somos especialistas em equipamentos

'Almoço' no cume das Agulhas Negras - Parna Itatiaia

Taí uma foto comendo miojo no cume das Agulhas Negras pra provar o que estamos falando, hehe! Estamos aprendendo muuuito sobre equipamentos. Lendo, pesquisando, recebendo dicas de amigos, mas sobretudo testando. É no meio do mato, na trilha, que a gente pode pôr à prova os equipamentos e ver o que se adequa ou não à nossa necessidade. Desde nossa primeira investida em ambiente de montanha evoluímos bastante e já temos alguma coisa a contar. Vamos repassar as dicas aqui pra vocês, sempre com nossas impressões pessoais. Mas é importante ter em mente que não somos especialistas nisso.

 

4. Não somos competidoras

Trekking de regularidade em Vargem Alta - ES

Embora uma de nós – Anazélia – pratique trekking de regularidade (e aí sim, ok, trata-se de competição), esse não é o foco da nossa experiência na natureza e não vai ser o foco aqui no blog. Não temos a intenção de fazer mais travessias que fulano, ir pra trilha com mais frequência que beltrano ou quebrar recordes de velocidade de alguém. Não é nada legal quando você está curtindo sua aventura e começam as comparações com tal e tal pessoa. Queremos vencer nossos próprios medos e superar nossos próprios limites. Esse é o foco. =)

 

5. Não temos nenhuma pretensão além de experimentar e viver!

Parque Nacional da Serra dos Órgãos

E bora mochilar, que a vida é pra ser vivida!

Anazélia Tedesco

Anazélia Tedesco

Anazélia Tedesco tem 28 anos, é bióloga, dedica-se à restauração de florestas como trabalho e ao montanhismo como lazer - a união dessas duas coisas define seu estilo de vida. Sua história com as montanhas começa em Pancas, a terra do Pontões Capixabas, onde nasceu. Mais tarde, conheceu os trekkings de longa distância e as tradicionais travessias e, desde então, não parou mais.
Anazélia Tedesco

Últimos posts por Anazélia Tedesco (exibir todos)

6 Comentários

  • Nara Sthefania Tedesco

    A vida é para ser vivida! Pois bem, mochileiras, vivam a vida, e façam as pessoas sentirem vontade de viver com o exemplo de vocês! Não desistir, ir atrás dos sonhos, vencer os próprios medos, ser melhor que si mesmo, lutar sempre, fazer o que gosta, amar a vida e vencer os obstáculos que ela nos apresenta. Curtir com responsabilidade. Obrigada por me fazerem viajar nos meus dias! Deus abençoe vocês, as suas caminhadas, subidas e descidas, e torne as mochilas mais leves de bagagem material e cada vez mais repleta da bagagem de vida! Beijos! Sthefania 👏🏻👏🏻👏🏻🙏🏻🙏🏻🙏🏻❤️😉😘

  • Fernando Félix Amorim

    Que legal!
    Acompanho as viagens de vocês por aqui e instagran. Viagens muito legais!
    Também sou um apaixonado por viagens em tempos “livres” rs.
    Também sou de Vitória/ES e estamos juntos em alguns grupos de caminhadas por aqui, mas nunca nos encontrarmos rs.
    Ah, Ana Zélia, também nasci em Pancas rs acho que esse gosto por aventuras faz parte do DNA de quem nasce por lá né?
    Parabéns e nos encontraremos por aí!

  • Oi, Fernando! Quantas coincidências… nem acredito que não nos esbarramos por aí ainda! =) Sobre Pancas, sem dúvida influencia muito no gosto por natureza e aventura… ô lugarzinho abençoado!
    Obrigada pelo apoio! E, provavelmente, até breve hehe
    Um abraço

  • NAYARA DE LIMA

    VOCES SAO SIMPLESMENTE MARAVILHOSASSSSSSSSSSSSS!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *